Psoríase

Mitos e Fatos Sobre psoríase

Mito: O estresse causa isso

O estresse não te dá psoríase, mas pode desencadear um sinalizador. A resposta imune do seu corpo ao estresse é a mesma que desencadeia sintomas de psoríase. E alguns estudos dizem que o estresse pode até impedir que seus medicamentos funcionem tão rápido quanto deveriam. Meditação, exercícios regulares e outras técnicas de relaxamento podem ajudar a manter a calma.

Fato: Falar é tratamento

Ter psoríase pode afetar sua saúde mental. Você pode ficar tentado a se retirar da cena social por causa disso. Mas falar sobre isso com outros – especialmente aqueles que também lidam com a condição – ajuda você a se sentir menos sozinho e fornece suporte, mesmo que esse suporte seja online.

Veja também:  Psoríase

Mito: Curas da Água Quente

Enquanto não há nada como um banho quente ou chuveiro para aliviar a tensão, disque de volta suas temperaturas de água para lidar com problemas de placa. A pele seca em água quente, o que pode aumentar seu fator coceira. Experimente água fria, sacos de gelo e loções refrigeradas para ajudar sua pele a relaxar.

Fato: Vinagre Acalma escalpos

É verdade: vinagre de cidra de maçã pode aliviar um couro cabeludo coçando. Espirre para fora da garrafa ou misture-o em uma proporção de 1:1 com água. Enxágüe completamente depois. Pule este remédio caseiro se seu couro cabeludo estiver rachado ou sangrando. Pode queimar e irritar sua pele.

Mito: Dieta não faz diferença

Tem um dente doce? Muito açúcar refinado aumenta a inflamação em seu corpo e pode causar ou piorar um sinalizador. O mesmo vale para carnes vermelhas gordurosas, alimentos processados e laticínios. O ômega-3 no óleo de peixe, por outro lado, ajuda a aliviar a inflamação e acalmar os sintomas da psoríase.

Veja também:  Psoríase

Fato: Risco de doenças cardíacas aumenta

Suas chances de ter um derrame, ataque cardíaco, colesterol alto, ou um batimento cardíaco irregular dobram quando você tem psoríase. Certifique-se de que seu peso permaneça em uma faixa saudável para ajudar a compensar esses riscos.

Mito: Evite o Sol a todo custo

Na verdade, um pouco de sol está bem. Pode até ajudar suas placas a se curarem. Fale com seu médico antes de se bronzear para que você saiba quanto tempo fora da sombra é seguro.

Fato: Você deve evitar o álcool

Beber pesado, especialmente se você é um homem, pode impedir que seu tratamento de psoríase funcione como deveria. Alguns medicamentos para psoríase, como metotrexato e acitretina, têm efeitos colaterais perigosos para as mulheres quando misturados com álcool.

Mito: Exercício piora

O oposto é verdade. Estudos mostram que atividade física intensa reduz surtos. É bom para o seu coração e humor, também.

Fato: Banhos podem ser um bálsamo

Enquanto a água não estiver muito quente e seu sabão estiver leve, um banho pode ser uma grande ajuda para coceira, pele escamosa. Adicione sais de magnésio, óleos de banho ou farinha de aveia coloidal para aliviar sua coceira, e bloqueie a umidade com um creme grosso depois.

Veja também:  Psoríase

Mito: Afeta a fertilidade

Mulheres com psoríase podem ter uma gravidez saudável e normal. Você pode achar que seus sintomas melhoram durante a gravidez, ou podem piorar. É diferente para cada mulher. Se você está pensando em engravidar, verifique com seu médico sobre seus tratamentos para ter certeza de que eles estão seguros para o bebê.

Fato: Ervas e Especiarias podem ajudar

Alguns ingredientes naturais ou à base de plantas funcionam bem o suficiente para que você possa encontrá-los em pomadas. A capsaicina, a parte picante dos pimentões, ajuda a diminuir a dor. A cúrcuma pode funcionar como um anti-inflamatório. Seu médico pode prescrever um creme contendo uma erva chamada mahonia aquifolium como tratamento, também.

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.