ressaca
  • Existe uma cura?
  • Sintomas
  • Causas
  • prevenção
  • resumo

Uma ressaca refere-se a sintomas que resultam do consumo de álcool, geralmente no dia seguinte. Não há cura absoluta, mas as pessoas podem tomar medidas para aliviar muitos dos sintomas.

Beber álcool causa ressaca por uma série de razões, incluindo desidratação, desequilíbrios eletrólitos, sono ruim e inflamação.

A gravidade de uma ressaca está intimamente ligada ao quanto de álcool a pessoa consumiu e quanto sono ela teve.

Não é possível fazer uma previsão geral sobre o quanto o álcool leva a uma ressaca. A associação depende de fatores individuais e situacionais, incluindo sono, hidratação e o ritmo das bebidas alcoólicas.

Neste artigo, exploramos as causas das ressacas e como reduzir os sintomas. Também analisamos fatores que influenciam sua gravidade.

Existe uma cura?

É importante beber muita água na ressaca.

Embora não haja cura absoluta para uma ressaca, as pessoas podem reduzir os sintomas, enquanto dormem bastante, bebem água, comem alimentos nutritivos e restauram eletrólitos.

Tomar anti-inflamatórios não esteroides (NSAIDs) pode ajudar a aliviar a inflamação. Isso pode ajudar com dores de cabeça, desconforto digestivo e dores no corpo.

Uma ressaca tem que seguir seu curso. Isso envolve o corpo se regulando à medida que o álcool sai da corrente sanguínea.

Na grande maioria dos casos, os sintomas de ressaca se resolvem após cerca de 24 horas.

O seguinte pode ajudar a reduzir os sintomas:

  • Água potável: O álcool faz uma pessoa urinar com mais frequência, muitas vezes levando à desidratação, nesse caso é crucial reidratar o corpo.
  • Comer alimentos nutritivos: Alimentos saudáveis dão combustível ao corpo, nutrientes e  antioxidantes, o que pode ajudar na recuperação.
  • Comer alimentos sem graça: Quando uma ressaca envolve problemas estomacais, experimente alimentos sem graça que elevam os níveis de açúcar no sangue, como o pão.
  • Comendo frutas: A frutose na fruta pode ajudar o corpo a quebrar o álcool.
  • Descanso: O sono pode ajudar a acelerar a recuperação.
  • Tomar medicamentos: NSAIDs, antiácidos e alguns medicamentos para aliviar a dor podem aliviar os sintomas de ressaca.

Uma pessoa com ressaca não deve tomar medicamentos para aliviar a dor ou quaisquer outras drogas que contenham acetaminofeno. Este ingrediente pode coar o fígado — como o álcool — por isso é importante evitar combinar os dois.

Muitas das chamadas curas de ressaca são ineficazes. Entre elas estão a abordagem do “cabelo do cão”, que envolve beber mais álcool para aliviar a ressaca. Os profissionais de saúde não recomendam esse método, que só pode prolongar os sintomas.

Sintomas

Os sintomas de uma ressaca geralmente começam quando os níveis de álcool no sangue caem consideravelmente. Isso geralmente acontece na manhã seguinte à bebida.

Os sintomas de ressaca incluem:

  • olhos sangueados
  • sede excessiva
  • uma dor de cabeça
  • dores corporais
  • sensibilidade à luz e ao som
  • mau hálito, conhecido como halitose
  • saliva em excesso, conhecida como hipersalivação
  • dificuldade de concentração
  • fadiga
  • ansiedade
  • baixo humor
  • um batimento cardíaco rápido
  • Tontura
  • náuseas, vômitos ou diarreia
  • tremendo ou tremendo

Se os sintomas de ressaca forem graves – durante ou após um ataque de bebida – a pessoa pode ter intoxicação alcoólica. Isto é uma emergência médica.

Se alguém tiver os seguintes sintomas de intoxicação alcoólica, procure ajuda médica o mais rápido possível:

  • respiração irregular
  • respiração lenta, ou menos de 8 inalações por minuto
  • uma baixa temperatura corporal
  • pele muito pálida ou azul-tingido
  • vômitos contínuos
  • confusão
  • ataques ou convulsões
  • inconsciência

Os sintomas de intoxicação alcoólica podem variar em gravidade. Algumas pessoas experimentam certos sintomas mais severamente do que outras.

Causas

Beber álcool causa ressaca pelas seguintes razões:

  • Desidratação: O álcool é um diurético — faz com que uma pessoa urinar mais, o que pode levar à sede, tontura e outros sintomas de desidratação.
  • Resposta do sistema imunológico: O álcool pode desencadear uma resposta inflamatória do sistema imunológico, e isso pode afetar o apetite, a concentração e a memória.
  • Irritação estomacal: O álcool aumenta a produção de ácidos estomacais e diminui a taxa em que o estômago esvazia — uma combinação que pode causar náuseas, vômitos e outros problemas digestivos.
  • Uma queda no açúcar no sangue: Quando uma pessoa bebe álcool, seus níveis de açúcar no sangue podem despencar, resultando em instabilidade, mau humor, fadiga, fraqueza geral e até convulsões, em alguns casos.
  • Vasos sanguíneos dilatados: O consumo de álcool pode fazer com que os vasos sanguíneos se dilatam, o que pode causar dores de cabeça.
  • Sono de má qualidade: O álcool pode fazer com que o sono seja quebrado ou raso, o que pode intensificar os sintomas de ressaca e contribuir para a fadiga, neblina cerebral e baixo humor.
  • Congêneres: Esses subprodutos da fermentação são responsáveis pela maior parte do sabor e aroma em bebidas destiladas, como uísque e gim, e contribuem para os sintomas de ressaca.
  • Subprodutos tóxicos: Quando o corpo quebra o álcool, isso produz toxinas que podem causar ou exacerbar muitos sintomas de ressaca.

O corpo precisa de tempo para processar álcool. Beber mais álcool antes que o corpo tenha sido capaz de processar o álcool já presente aumenta a probabilidade de ressaca.

Prevenindo uma ressaca

A única maneira de evitar uma ressaca é evitar o álcool inteiramente ou beber com moderação, dando ao corpo tempo suficiente para processar o álcool antes de consumir mais.

O nível de tolerância de cada pessoa é diferente, então a “moderação” provavelmente varia um pouco de pessoa para pessoa. A tolerância é baseada em genética, tipo de corpo, sexo e outros fatores.

Além disso, uma pessoa pode limitar o risco de ressaca bebendo muita água ao lado de qualquer bebida alcoólica ou comendo uma refeição depois de beber álcool.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) alertam para a ingestão de mais do que:

  • uma bebida por dia para as fêmeas
  • duas bebidas por dia para os homens

O que se qualifica como uma bebida pode ser:

  • uma garrafa de cerveja de 12 onças (oz)
  • uma taça de vinho de 5 oz
  • 8 oz de licor de malte
  • 1,5 oz de espíritos ou bebidas alcoólicas

Resumo

Embora não haja cura para uma ressaca, há muitas maneiras de reduzir ou aliviar os sintomas.

É importante manter-se hidratado, comer alimentos nutritivos e descansar bastante. A maioria das ressacas passa dentro de 24 horas.

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.